Buscar
  • Joana C.

Debates clínicos


Na tradição literária psicanalítica temos inúmeras obras referentes à teoria psicanalítica. Mas quando falamos sobre a clínica, aquilo que se passa entre as quatro paredes do consultório, percebemos um reduzido número de obras. Freud, através de seus historiais clínicos, foi apresentando grande parte de sua teoria, portanto sabemos o valor de acompanhar o pensamento clínico em ação.

Partindo da premissa de apresentar reflexões sobre a prática da Psicanálise, o livro Debates Clínicos traz uma coletânea de casos clínicos, reunindo um trio de analistas e um material clínico. Feito “às cegas”, um psicanalista cede seu material, e outros dois colegas o comentam, sendo a identidade dos envolvidos, revelada somente no final do processo. Esse projeto nasceu na revista Percurso do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae, inspirado em sessão do jornal de Psicanálise da IPA (International Psychoanalytical Association). Que foi então transformado em livro.

O que surge desse experimento brinda o leitor, com o que há de mais potente e rico na psicanálise: a singularidade. Que fica evidente no material clínico analista- paciente, mas que também se revela, nos comentários e pontuações dos outros dois analistas, que se debruçam sobre o material, a partir de sua escuta, também singular. Estilos, vertentes teóricas, conceitos densos estão ali colocados na vivacidade da clínica, e na sustentação teórica dos comentadores. Um presente para aqueles que se interessam por essa profissão “impossível”, como nos lembrava Freud.

Andréa B C Mongeló – Psicanalista

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo