O conceito de exaustão profissional (burnout) foi descrito em 1974 por Herbert Freudenberger como sendo um estado de fadiga ou de frustração motivado pela consagração a uma causa, a um modo de vida ou a uma relação que não correspondeu às expectativas. Os doentes encontram-se não somente entre voluntários e profissionais do domínio da saúde, médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e outros, mas também em quase todas as profissões. Tornou-se uma doença profissional cujo denominador comum é a relação direta entre o emprego e o estado de fadiga ou de cansaço do trabalhador. A leitura deste texto contribuirá para uma melhor compreensão da síndrome de exaustão do prestador de cuidados e, eventualmente, para uma melhor prevenção, um diagnóstico mais precoce e um acompanhamento eficaz. Esta obra dirige-se a psicólogos, psicanalistas, psiquiatras e a todos os técnicos de saúde mental, educadores, professores.

  • ISBN-10 : 9727962289
  • ISBN-13 : 978-9727962280
  • Capa comum : 270 páginas
  • Dimensões : 23 x 15.2 x 1.4 cm
  • Editora : Climepsi; 1ª edição (1 janeiro 2006)
  • Idioma: : Português

Síndrome da exaustão

R$ 86,00 Preço normal
R$ 77,40Preço promocional