Este livro explora como a psicanálise facilita a liberação do verdadeiro self, tanto por meio do emprego, pelo analisando, dos elementos de personalidade do analista (ou uso do objeto) quanto por meio da criatividade expressiva do processo associativo livre. Por mais perturbado e perturbador que um paciente possa ser, é crucial que o psicanalista celebre o verdadeiro self do indivíduo, permitindo que o idioma da pessoa dê forma às sessões, a fim de expressar a lógica do self. A análise de caráter envolve, portanto, um equilíbrio cuidadoso: facilitar a articulação do idioma, ao mesmo tempo em que se concentra, de vez em quando, nas constelações inquietantes e contraproducentes da organização destrutiva. É essa tarefa sutil que faz da profissão de psicanálise um desafio único e infinitamente fascinante.

Forças do destino

R$ 95,00Preço