Heitor O'Dwyer de Macedo, parte em de que o trabalho do psicanálise consiste, fundamentalmente, em preparar as pessoas que o procuram para enfrentar essa catástrofe salutar que é o amor. Pensam que é para falar de amor que se consulta um psicanalista e, em princípio, é de amor que fala, quando fala, o psicanalista. Aliás, 'só serve para isso', e alguém que ouve ou lê um psicanalista espera que ele fale disso - de como se ama alguém e de como alguém se ama.Fiel a Freud, pela linguagem simples enraizada na prática clínica, o autor reata os vínculos, caros ao fundador, entre psicanalise e literatura. Retoma aqui o entre lançamento entre loucura, amor e pensamento que ele percorre desde seus primeiros trabalhos, percorrendo as linhas e entrelinhas da ficção dostoieviskiana. Afinal, para falar de amor não poderia haver melhor escolha que Dostoiévski, que é, por excelência, o escritor da desmesura do encontro.

  • Capa comum: 168 páginas
  • Editora: Perspectiva; Edição: 1 (1 de janeiro de 2014)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8527310074
  • ISBN-13: 978-8527310079
  • Dimensões do produto: 22,4 x 12,6 x 1,2 cm
  • Peso de envio: 259 g

Os ensinamentos da loucura

R$ 50,00 Preço normal
R$ 45,00Preço promocional