Este livro investiga os mecanismos psíquicos envolvidos nos processos de identificação nos estados-limites. Destaca-se a relação entre o eu e o outro (interno e externo), com ênfase na dimensão traumática que estaria na base dessa relação. Esta análise leva em conta, de maneira articulada, os aspectos narcísicos e edipianos implicados nessa problemática. Nos estados-limites, a relação com o outro é marcada por um estado de “servidão” do ego ao objeto, indicador da predominância de uma dimensão narcísica no percurso identificatório desses sujeitos.

A identificação nos estados-limites: um estudo psicanalítico

R$ 40,00Preço